Mútua - Displaying items by tag: Crea

Unidade: essa é a palavra com que o coordenador nacional do Crea-Júnior, Maycon Juan, define o principal resultado das parcerias firmadas, ao longo dos últimos três anos, entre o grupo e startups, empresas juniores, centros acadêmicos, entidades de classe, governo, instituições de ensino e ONGs, como a Engenheiros sem Fronteiras. As parcerias geram eventos locais, que promovem capilaridade na divulgação do papel do Sistema Confea/Crea. Para este ano, Maycon prevê a realização de mais de 500 eventos locais para abordar três projetos prioritários.

Os projetos
-Fomento a abertura de entidades jovens – “Esse projeto tem como objetivo principal o fortalecimento das entidades de classe. Por estarem inseridos nos ambientes onde estão os futuros profissionais, os programas jovens têm muito a contribuir para aumentar a participação nas entidades de classe”.

- Crea nas escolas – “Sabemos que nosso país precisa de mais profissionais qualificados na área tecnológica. Queremos incentivar alunos do ensino médio a optarem por esses cursos, promovendo palestras, oficinas e feiras de profissões, com intuito de disseminar cada vez mais o conceito de Engenharia e trazer mais futuros profissionais e profissionais para dentro do Sistema”.

- Engenharia pública – “Sabemos da existência da Lei nº 11.888/08 [que assegura às famílias de baixa renda assistência técnica pública e gratuita para o projeto e a construção de habitação de interesse social] e, diante disso, criamos o projeto Engenharia Pública, em que cada Crea-Júnior estadual poderá incentivar universitários a associarem o tema do trabalho de conclusão de curso com a lei - por isso a importância das parcerias com instituições de ensino. Sabemos que esse projeto pode fortalecer cada vez mais a integração entre o Conselho e a sociedade”.

Os três projetos foram propostos pela Comissão Temática Novo Engenheiro, do Confea, tendo em vista o estipulado pela Comissão: que o plano de trabalho do Crea-Júnior tenha relação direta com a Lei nº 5194/66. 

“Temos a certeza de que nos próximos anos o Sistema estará ainda mais forte e com profissionais mais participativos". Para Maycon, ampliar a capilaridade das ações dos Creas-Juniores afeta diretamente o cenário da Engenharia no país. "A formação de jovens lideranças aumenta as chances de termos uma sociedade melhor, mais ética e mais preocupada com o próximo, entendendo que infraestrutura, tecnologia e inovação estão diretamente ligadas ao bem-estar do ser humano. Isso é a Engenharia a serviço da vida!”, afirma Maycon, corroborando o artigo 1º da lei que regulamenta no Brasil o exercício da Engenharia, Agronomia e demais profissões do Confea/Crea.

 

Fonte: Confea

O Sistema Confea/Crea e Mútua lança neste mês de março a campanha Limpeza Urbana Começa por Você. A ideia é que cada um, a começar pelos profissionais reunidos no Sistema, exerçam a prática diária de uma nova postura diante de pequenos hábitos, que refletem na limpeza urbana e, extensivamente, em nosso meio ambiente, ou seja, uma conduta  sustentável.

Para tanto, o Confea convida  todos a se engajar nessa campanha e conscientizar a família, os colegas de trabalho, todos à sua volta. Confira o cartaz que será distribuído a todas as entidades regionais e nacionais, aos Conselhos Regionais de Engenharia e Agronomia (Creas), de modo que esse conceito “Limpeza Urbana Começa por Você” seja internalizado pelos profissionais e esses se tornem multiplicadores dessa prática para um mundo melhor.

 

 

Fonte: Confea

Os Conselhos Regionais de Engenharia e Agronomia (Creas) têm até o dia 29 de abril para enviar os nomes de profissionais e de instituições de ensino e pesquisa indicados a receber as honrarias do Sistema Confea/Crea em 2016. O alerta é da Comissão do Mérito, do Confea, a quem cabe a escolha final dos indicados – são esperadas cerca de 100 indicações – e a apresentação ao plenário federal para aprovação final.

“Precisamos alertar que neste ano o prazo é menor, em função da antecipação da Semana Oficial da Engenharia (Soea), que será aberta no dia 29 de agosto, com a entrega da Medalha do Mérito e o lançamento do livro Láurea ao Mérito”, informa o chanceler da comissão, conselheiro federal Mário Amorim.

Lembrando que as indicações podem ser de iniciativa pessoal, feitas pelos próprios Creas e entidades que compõem o Sistema Confea/Crea, mas que têm que passar pela chancela dos plenários regionais, Amorim informa que pretende apresentar a seleção final na sessão plenária de 18 a 20.de maio.

Na noite de abertura da 73ª Soea, em cerimônia realizada há 55 anos, os 24 homenageados – 12 com a Medalha do Mérito e 12,  já falecidos, com a inscrição de  seus nomes no Livro do Mérito serão oficialmente reconhecidos pelos serviços prestados ao desenvolvimento tecnológico nacional e pela participação na defesa dos profissionais registrados no Sistema Confea/Crea.

A Soea reúne profissionais, professores, cientistas e estudantes. Neste ano tem como tema central “A Engenharia a favor do Brasil, mudanças e oportunidades”, e será realizada de 29 de agosto a 1º de setembro, em Foz do Iguaçu, (PR), devendo reunir perto de 3.500 participantes.

 

Fonte: Confea

Acontecendo simultaneamente ao 5º Encontro de Líderes Representantes do Sistema Confea/Crea, a 1º Reunião Ordinária do Colégio de Presidentes tem na pauta do segundo  dia, a votação das representações, comissões e grupos de trabalho do CP para o ano de 2016, entres os assuntos estão:  Conselho de Comunicação e Marketing – Decisão Normativa nº86, de 25 de maio de 2017 e Decisão PL-0359/2007; Comitê Gestor do Prodesu; Comissão de Estudo de Elaboração de Projetos, Representação Gráfica e Atividades Técnicas de Arquitetura da ABNT; Indicação de manifestação de interesse dos Creas para sediar a 74ª SOEA entre outras. O vice-presidente do Crea-RO, Ailton Pacheco está participando pela 1º vez do Colégio de Presidentes, substituindo o presidente do Crea-RO, Nélio Alencar. Ailton destaca que a pauta está abrangendo assuntos importantes para o andamento do Conselho. 

Fonte: Crea-RO

 

O papel da Engenharia no desenvolvimento e preservação da “nossa casa comum” – o Planeta Terra. Da Campanha da Fraternidade Ecumênica ao engajamento na luta contra o Aedes aegypti, saneamento básico tem sido o tom do discurso de José Tadeu da Silva, presidente do Confea, em 2016. Não foi diferente na abertura do 5º Encontro de Líderes Representantes do Sistema Confea/Crea. “Sabemos que 70% das pessoas que estão nos hospitais são vítimas de problemas de saneamento. Temos que fazer a limpeza da nossa casa comum, do Planeta Terra. Essa é a nossa responsabilidade como profissionais: proporcionar uma casa confortável, habitável, um planeta com a necessária qualidade de vida a todos os seres humanos. Temos que afirmar nosso papel para a sociedade, em defesa da Engenharia nacional”.

Em função do atual debate sobre saneamento, o presidente do Confea convidou os ministros das Cidades e da Integração Nacional - respectivamente Gilberto Kassab e Gilberto Occhi - para participarem da abertura. “A universalização da energia e da água está próxima de acontecer no Brasil. No entanto, no saneamento, estamos muito longe”, admitiu Occhi.

Primeiro a falar, Kassab ressaltou a importância de reunir profissionais da Engenharia e da Agronomia para discutir planejamento em 2016. “Será um ano de crises, em que a Engenharia brasileira é ao mesmo tempo questionada e louvada, e cabe a todos nós mostrar para a sociedade o potencial da nossa Engenharia no campo do saneamento, da mobilidade e habitação, entre outras áreas”. Engenheiro agrônomo, Kassab disse ter orgulho da profissão e de poder conciliá-la com a vida pública. “Ressalto a importância das entidades de regulamentação profissional que consolidam a busca do conhecimento e norteiam a ação dos engenheiros”. Ao encerrar sua participação, Kassab acenou a possibilidade de fazer parcerias com o Sistema Confea/Crea “para a construção de um país melhor”.

A principal palestra da programação do evento coube ao ministro da Integração Nacional, Gilberto Occhi, que falou sobre as “Perspectivas para a infraestrutura”. Occhi - que antes de assumir o Ministério da Integração comandou, por dois anos, a pasta das Cidades – anunciou, na ocasião, que as obras da transposição do Rio São Francisco serão finalizadas até o final deste ano, “em função da grande preocupação do governo com a estiagem que castiga o Nordeste”.

De acordo com Occhi, estão projetados investimentos de R$ 197 bi em 16 projetos, no período de concessão para rodovias, ferrovias, portos e aeroportos. O ministro garantiu recursos em investimentos hídricos para o Nordeste e entre outras informações, fez um balanço do programa Minha Casa, Minha Vida, que está em sua terceira fase. Segundo o ministro, dos 4 milhões de moradias já contratadas, 2,5 milhões foram entregues, 1,6 milhão está em produção.  “O Governo entrega 30 mil unidades por mês para zerar as entregas em 2017”, afirmou.

Ao final da solenidade de abertura, o presidente do Crea-DF e anfitrião do evento, Flavio Correia, deu as boas- vindas aos participantes na capital federal. “Espero que este encontro seja rico nos debates e que levem a bom termo as principais questões do Sistema, como sustentabilidade financeira”, disse.

Certificados 
Ainda na manhã de hoje (24/2), o presidente do Confea entregou Certificados de Função aos Coordenadores Nacionais de Câmaras Especializadas – titulares e adjuntos –, que encerram seus mandatos, e também para os coordenadores dos colégios de Presidente e de Entidades Nacionais. 

Em nome de todos os coordenadores nacionais de Câmaras, o engenheiro civil João Luiz Collares, coordenador da Engenharia Civil, ressaltou o sucesso que têm sido os encontros anuais de líderes representantes. “A Engenharia passa por um momento em que há necessidade de se discutir amplamente assuntos como educação a distância, atribuições, aprimoramento dos currículos, etc.”. O coordenador das Entidades Nacionais, eng. mec. Jorge Nei Brito, desejou que todas as eleições dos fóruns consultivos do Confea ocorram da maneira mais tranquila possível. Já o diretor-presidente da Mútua, Paulo Guimarães, destacou seu apoio ao aprimoramento da união entre o Confea/Crea e a Mútua. Marco Antônio Amigo, presidente do Crea-BA e coordenador do Colégio de Presidentes, espera resultados práticos dos trabalhos das lideranças do Sistema no momento por que o país atravessa. “2016 será uma tarefa muito grande para todos nós, brasileiros”, completou.

Além de Collares, Brito e Amigo, saiba quem encerra mandato neste ano:
Agrimensura: Francisco de Sales Vieira de Carvalho (Crea-SP) e William de Figueiredo Bittencourt (Crea-AC)
Agronomia: Kleber dos Santos (Crea-DF) e Cid Tacaoca (Crea-TO)
Engenharia civil: João Luis de Oliveira Collares Machado (Crea-RS) e Lélia Barbosa de Souza Sá (Crea-DF)
Engenharia elétrica: Alfredo Marques Dinis (Crea-MG) e Moacyr Gayoso (Crea-PI)
Engenharia industrial: Oswaldo Paiva Almeida Filho (Crea-ES) e José Alfredo Firmeza de Sousa (Crea-CE)
Engenharia química: Luiz Eduardo Caron(Crea-PR) e Rogério Gomes Araújo (Crea-SC)
Geologia e Minas: José Margarida da Silva (Crea-MG) e José Vitoriano de Brito Neto (Crea-CE)
Segurança do trabalho: Nelson Burille (Crea-RS) e Marco Aleluia (Crea-AL)
Engenharia florestal: Gláuber Pinheiro (Crea-RJ) e Marcos dos Santos Weiss (Crea-SC)
Comissões de Ética dos Creas: Jovanilson Faleiro de Freitas (Crea-GO) e Luiz Capraro (Crea-PR) 
O engenheiro mecânico Jorge Nei Brito foi reconduzido à coordenação do Colégio de Entidades Nacionais
O engenheiro mecânico Jorge Nei Brito foi reconduzido à coordenação do Colégio de Entidades Nacionais

Também receberam certificados os coordenadores do Colégio de Presidentes e do Colégio de Entidades Nacionais. São eles, respectivamente: Marco Antônio Amigo, presidente do Crea da Bahia, e seu adjunto, o presidente do Crea de Mato Grosso, José Silveira Samaniego; o presidente da Federação Nacional de Engenharia Mecânica, Jorge Nei Brito, e o presidente da Confederação dos Engenheiros Agrônomos do Brasil, Ângelo Petto Neto.
Beatriz Leal e Maria Helena de Carvalho

 

Fonte: Confea

Com pesar, comunicamos o falecimento do ex-presidente do Crea-PA, eng. civ. João Messias dos Santos Filho, presidente daquele Conselho Regional por quatro mandatos.

João Messias foi o responsável pela representação da Mútua e também pela criação da Caixa de Assistência no Pará. Foi presidente do Clube de Engenharia, professor, baluarte inconteste da engenharia paraense e advogado.

O velório ocorreu no Colégio Ideal Mundurucus.

Em função do falecimento de seu ex-presidente, foi suspenso o expediente, no dia de hoje, no Crea-PA e também na Mútua-PA.

 

Published in Mútua


Flávio Correia, José Tadeu, Paulo Guimarães e Clotilde Paião: Seminário de Ouvidores do Sistema busca atuação unificada

Com a finalidade de debater experiências pertinentes à área de ouvidorias, é realizado hoje e amanhã (6 e 7 de outubro), na Sede do Confea, em Brasília (DF), o VI Seminário Nacional de Ouvidores do Sistema Confea/Crea e Mútua.

A iniciativa visa fortalecer o canal de comunicação, que é de extrema relevância para um atendimento de excelência à sociedade. O Seminário também representa uma oportunidade compartilhamento de conhecimentos e troca de experiências entre toda a equipe nacional de ouvidores dos Creas, do Confea e da Mútua, buscando sempre maior transparência, eficácia e ética no retorno às demandas da sociedade e dos profissionais do Sistema.

A abertura oficial do encontro foi realizada na manhã desta terça-feira, com a presença do presidente da Mútua, eng. civ. Paulo Guimarães, do presidente do Confea, eng. civ. José Tadeu, do presidente do Crea-DF, eng. civ. Flávio Correia, e da ouvidora do Confea, Clotilde Paião. O presidente da Mútua, desejando sucesso aos trabalhos do Seminário, disse que são sempre muito importantes momentos como este, “de interação e união entre as instituições do Sistema” e que dividir conhecimento e experiência resulta na disseminação de boas práticas. “Um seminário de ouvidores reforça a postura do nosso Sistema de atuação unificada em prol, sempre, de melhorias para os profissionais e para a sociedade”, enfatizou Paulo Guimarães.

Na sequencia, foi promovida palestra motivacional do consultor Márcio Gustavo Padilha da Costa, encerrando o primeiro período do Seminário. Agora, no período da tarde, e amanhã estão previstas diversas palestras, como a do ouvidor externo do Banco do Brasil, Milton Teles, sobre “Gestão e formação de ouvidores e ouvidorias”; a do advogado e representante da Câmara dos Deputados no Conselho Nacional de Justiça, Emmanuel Campelo, e de representantes da Ouvidoria do Confea, sobre “Casos especiais tratados pelas ouvidorias do Sistema Confea/Crea e Mútua”. Uma apresentação do gerente de Tecnologia da Informação do Confea, Cristiano Oliveira, trará aos profissionais participantes informações acerca da nova carteira profissional a ser adotada pelo Sistema.

 

Fonte: Acme/Mútua (com informações do Confea)

Foto: Confea

Published in Mútua

Teve início no domingo (2), o XXXV Congresso Brasileiro de Ciência do Solo, com o tema “O Solo e suas Múltiplas Funções”, no Centro de Convenções de Natal. O presidente do Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (Confea), eng. civ. José Tadeu da Silva, foi  representado  pelo conselheiro federal, eng. agr. Mário Varela Amorim.
Na manhã desta segunda-feira (3), dois temas foram discutidos em simpósio e conferência. O especialista australiano Alexander Mac Bratney tratou das dimensões e segurança do solo e, em seguida, a conferencista Regina Alvalá abordou o tema “Solos urbanos e vulnerabilidades das cidades às mudanças climáticas”. À tarde estão sendo realizados três simpósios: “Funções do solo e mudanças climáticas”; “Inoculantes não tradicionais da agricultura: novos rizóbios e não leguminosas” e “Estratégias de suprimento eficiente de nutrientes para mitigação de emissões de gases de efeito estufa de solo em sistemas agrícolas”.
Amanhã (4), segue mais um dia de atividades com temas variados, começando às 8h30, com dois palestrantes estrangeiros, da França e da Alemanha. À tarde também serão discutidos temas, como “Estoques e fluxos de carbono no sistema solo-planta no Bioma Caatinga” e “A utilização física para a ciência do solo”. Também será iniciada a apresentação de e-pôsteres sobre Fertilidade, Microbiologia, Física e Poluições.
As palestras e conferências estão sendo ministradas por grandes nomes nacionais e internacionais, de países como Estados Unidos, França, Alemanha e Austrália. O Congresso é promovido pela Sociedade Brasileira de Ciência do Solo, com apoio da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte S/A (EMPARN) e correalização da Universidade Federal Rural do Semiárido (UFERSA) e Embrapa Solos, além do apoio de diversas entidades e instituições públicas.

Participação do Confea
Até sexta-feira (7), o Conselho Federal recepciona em seu estande institucional os mais de três mil participantes que são esperados na edição deste ano. No espaço será divulgado o trabalho desenvolvido pelo Conselho, esclarecidas dúvidas de visitantes e distribuído material informativo de interesse dos profissionais e da sociedade.

Fonte: Confea

Ao decidir dilatar o prazo, até novembro deste ano, para o  Grupo de Trabalho Equidade de Gênero, do Confea, apresentar o relatório final sobre as atividades de 2014, - Decisão Plenária 1407/2014, tomada na Sessão 1407 -, os conselheiros federais permitiram que o GT continuasse atuando para alcançar um de seus objetivos: obter o Selo Pró-Equidade de Gênero e Raça, emitido pela Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM/PR), órgão ligado diretamente à Presidência da República.
Nesse sentido, um Termo de Compromisso assinado entre Eleonora Menicucci de Oliveira, ministra-chefe da SPM/PR e o presidente do Confea, eng. civ. José Tadeu da Silva, “é mais um passo para alcançarmos o selo, o que deve acontecer em novembro próximo”, anuncia Ineivea Farias, Superintendente de Estratégia e Gestão (SEG), do Confea, e coordenadora do Comitê Interno responsável pela implantação de ações que visam à equidade entre funcionários e colaboradores do Conselho Federal.
Mais que acertada, a decisão do plenário atesta a defesa feita pelo presidente do Confea, José Tadeu da Silva, para quem: “É inadmissível, inaceitável qualquer tipo de discriminação de raça, credo, cor e gênero”, afirmou na manhã da quinta-feira (30), ao receber o Termo de Compromisso das mãos da coordenadora do GT, a vice-presidente do Confea, Ana Constantina Sarmento.

Avanços 
Ana Constantina, por sua vez, não escondia a alegria de ver no gabinete da presidência do Confea, “a vida e o movimento natural gerado pelas mulheres no ambiente de trabalho”. Ela ressaltou a importância do selo: “O selo é uma formalidade, mas que atesta o quanto avançamos nas discussões e incentivos para aumentar a  representação feminina dentro do Sistema Confea/Crea e Mútua”. 
Ana já anunciou que na próxima Semana Oficial da Engenharia e da Agronomia (72ª Soea), a ser realizada em setembro próximo, em Fortaleza (CE), haverá um fórum especialmente dirigido à questão da equidade de gênero.
“Queremos manter o interesse revelado na Soea anterior, realizada em Teresina, quando uma tarde inteira de palestras e debates atraiu 2.800 dos seis mil participantes da Semana”, anunciou.

Fonte: Confea


Criar novas resoluções que atualizem a regulamentação da composição plenária dos Creas e dos registros de instituições de ensino e de entidades de classe: essa tem sido a prioridade da Comissão de Organização, Normas e Procedimentos (Conp) do Confea. Atualmente, esses temas são regulamentados pelas Resoluções nº1.018 e 1.019, ambas de 2006.
Entre outubro de 2013 e março de 2014, as propostas de novos documentos receberam contribuições da sociedade, por meio de audiência pública virtual, totalizando cerca de 140 sugestões. “Agora, estamos verificando a aplicabilidade dessas contribuições à técnica legislativa e aos textos”, explicou o coordenador da Comissão, conselheiro federal Mário Varela Amorim. 
Além de Amorim, a comissão é composta pelos conselheiros Jolindo Rennó e Antônio Carlos Albério. Também auxiliam no trabalho a gerente Técnica do Confea, Carla Camila Rocha, a gerente de Conhecimento Institucional, Wanessa Almeida, e a assessora da Conp Ana Luiza Queiroz.


Fonte: Confea 

Pagina 1 de 32

Publicações populares

Endereço

Mútua SEDE
SCLN 409, Bloco E, Asa Norte, CEP:70857-550, Brasília - DF

Central de Relacionamento Mútua

0800 61 0003, Tel.: (61) 3348-0200

Ouvidoria da Mútua

Acessos do Colaborador

Redes Sociais

Facebook Twitter Youtube

Mútua nos Estados